Análise das redes durante o julgamento do Lula

24 de janeiro de 2018

por Labic


Por Adriana Ilha, Carla Bianca Nigro, Luisa Perdigão, Johanna Honorato, Nelson Reis, Tasso Gasparini, Veronica Haacke e Willian Lopes

O julgamento do recurso contra a condenação do ex-presidente Lula por desembargadores da 8ª turma do TRF4, teve grande repercussão nas redes sociais nesta manhã do dia 24 de janeiro de 2018.  A coleta de tweets foi realizada entre 8:30h e 12:00h do dia 24 de janeiro, a partir das publicações com a presença do termo “Lula” ou com uma das seguintes hashtags: #LulaNaCadeia, #TRF4 e #CadêaProva. Foram obtidos, ao todo, 155.841 tweets. Mais de 60 mil usuários participaram da controvérsia, em 33 países, a uma frequência de 44.526 tweets por hora. Destes, 100.650 eram retweets (republicações) realizados por 35.360 usuários.

Essas conexões encontram-se cartografadas nas imagens abaixo, em que se identificam duas grandes perspectivas, a vermelha (contra a condenação) e a azul (a favor da condenação). As redes que serão apresentadas a seguir têm como característica a polarização, um fator comumente presente no histórico de disputas políticas e enfrentamentos recentes no Twitter.

 

grafo

 

O grafo contém, ao todo, 39.872 nós (perfis) e 85.549 arestas (conexões) que os interligam. O vermelho e o azul da rede ressaltam onde há as conexões mais fortes que formam os agrupamentos. Os laços mais estreitos que esses grupos compartilham podem nos indicar posicionamentos semelhantes em rede. Ou seja, a partir da análise das perspectivas, podemos também compreender a disputa que envolveu os mais de 30 mil atores no Twitter diante da controvérsia.

 

grafo2-vermelho

 

Em vermelho estão presentes, predominantemente, perfis de jornalistas, mídias independentes e políticos do Partido dos Trabalhadores. É possível identificar o caráter militante que a rede assume, com posicionamentos contrários à condenação de Lula e engajada em trazer à tona as arbitrariedades das acusações e a falta de provas concretas (#CadêAProva). O ator que obteve maior número de retweets foi o jornalista ativista William De Lucca (@delucca). Em seguida, destaca-se o perfil oficial do Partido dos Trabalhadores, @ptbrasil, que ao longo do dia tweetou ativamente sobre as atualizações do julgamento e sobre manifestações que ocorreram pelo país. Perfis de políticos, como dos deputados federais @humbertocostapt e @requiaopmdb, da senadora @gleisi, e dos perfis oficiais da CUT, @cut_brasil, e do @ptnacamara, circundam o perfil do PT. Além desses, o perfil do Mídia Ninja, @midianinja, assume um papel central na rede, atuando na cobertura no “Acampamento da Democracia”, em Porto Alegre, e em protestos contra a condenação de Lula que ocorreram em diversas cidades do país.

 

grafo1-azul

 

Em contrapartida, a perspectiva azul assumiu um caráter mais informativo, com a presença de perfis de mídia, como os jornais O Globo (@jornaloglobo), Estadão (@estadao),  BBC Brasil (@bbcbrasil) e o Blog do Noblat (@blogdonoblat). O Antagonista (@o_antagonista) se destacou no cluster por fazer a cobertura do julgamento e se posicionar a favor da condenação.

Nessa rede, os perfis humorísticos também obtiveram destaque como o @jqteixeira, do personagem Joaquin Teixeira e o @gabrlelplnhelro (usuário que obteve maior número de retweets no período e compartilhou repetidamente a hashtag #MoluscoNaCadeia). Cabe ressaltar que o humor, memes e sátiras são usados como ferramentas de engajamento em redes de assuntos polêmico ou de grande repercussão.

 

Top Tweets

 

TOP URLS

 

REPERCUSSÃO DA MÍDIA

Mídia Nacional

Na mídia nacional foram publicadas, até às 12h do dia 24 de janeiro,  147 notícias sobre o julgamento do ex-presidente Luís Inácio “Lula” da Silva. Os portais com maior repercussão entre mídia impressa e conteúdo on-line analisados foram: Folha de São Paulo, O Globo, o Estado de São Paulo, Zero Hora, Correio Braziliense e G1.

 

nacional

Clique aqui para acessar os links das notícias.

Mídia Internacional

Em relação à mídia internacional, foi realizada uma busca por notícias de língua estrangeira, publicadas nesta quarta feira (24), noticiando o julgamento do recurso do ex-presidente Luís Inácio “Lula” da Silva em Porto Alegre (RS). No total, 63 reportagens foram encontradas entre 10h às 17h de hoje em portais de notícias internacionais dos Estados Unidos, Europa e América Latina. Destaca-se a repercussão em portais, como por exemplo,  El País, Le Monde, The Guardian, The New York Times,The Washington Post e Clarín.

internacional (2)

Clique aqui para acessar os links das notícias.

 

NUVENS DE PALAVRAS

Palavras mais recorrentes.

Palavras mais recorrentes.

 

Hashtags mais recorrentes.

Hashtags mais recorrentes.

 

 

Publicações Geolocalizadas

 

 

 

Compartilhe

Comentários

  • Thiago Carneiro

    Excelente análise. Mais do que a polarização entre vermelhos e azuis, me chamou a atenção a enorme zona cinza no meio. O que diziam essas pessoas da zona cinza?

  • Roger Bonsaver

    Não entendi o que significa “caráter militante”. Os que defendiam a condenação não tinham caráter militante? Ou apenas ser de esquerda é que é ser militante e ser de direita é ser isento?

    • Galo Cego

      sim, puque a direita naun foi organizada, foi de forma espontânea, nada foi urganizadu.

      • Celio Franco

        Meeu Deus??!??!!?

        • Eduardo Rodrigues

          Como ele é cego, certamente não enxergou as teclas e, assim, teve algumas dificuldades para escrever!